quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Caminhar ou correr?

Atualmente muito tem se falado nos meios de comunicação em relação a importância de exercícios físicos regulares como hábito preventivo a patologias. Neste contexto tanto a caminhada quanto a corrida estão sendo amplamente utilizados, para fins estéticos, lazer e esporte de rendimento. Mas você já parou para pensar porque a corrida é a modalidade mais democrática entre os esportes? Já pensou em bloquear o Giba? Cair n’água com Phelps ou pedalar tendo com adversário Lance Armstrong?

Na corrida de rua você tem a chance de disputar com os melhores do mundo. Além disso, neste âmbito, podemos correr lado a lado com pessoas de diversas etnias. Pouco importa se você ganha 120 mil por ano ou vive de salário mínimo, pelo baixo custo material e estrutural a corrida é reconhecida como o esporte mais democrático. Então vamos a algumas informações pertinentes a transição caminhada/corrida.

De acordo com Mcardle 1992, o custo energético total para correr determinada distância depende proporcionalmente da intensidade da atividade. Quando corremos a velocidade de 10Km/h é necessário o dobro de energia por minuto que ao correr a uma velocidade de 5Km/h. Em contrapartida, uma caminhada de alta intensidade proporciona maior exigência do sistema musculoesquelético do que um trote. Então, a adequação da intensidade do exercício é fator primordial para a obtenção dos resultados almejados.

Nestas circunstâncias o aumento da intensidade de corrida ocorre de três maneiras:

1) Aumentando a freqüência da passada por minuto.
2) Aumentando a amplitude entre as passadas.
3) Aumentando tanto a freqüência quanto a amplitude das passadas.

Com relação a corrida na esteira ou na pista, em pesquisa com fundistas que correram nos dois meios na mesma velocidade e nas mesmas condições, foi descoberto que do ponto de vista prático, não houve diferenças mensuráveis nas demandas aeróbicas da corrida submáxima.

Mas fique ligado, em velocidades mais rápidas, a influência da resistência do ar aumenta a exigência imposta pelo exercício, o que ocasiona maior custo energético da corrida na pista em comparação com a corrida estacionária.

Fonte: www.educacaofisica.com.br

Especificidade!

Este final de semana começarei a fazer treinos específicos de corrida com a Personal4life Consultoria Esportiva.
Os treinos serão na USP aos sábados dás 8h às 11h30...
Acho q os treinos específicos são muito bons, e importantes para quem tem metas específicas! Rs...


segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Troféu Cidade de São Paulo - 25/01


Pessoal, ontem foi dia de mais corrida!
Fiquei feliz de participar do XII Troféu Cidade de São Paulo, em comemoração ao aniversário de Sampa...455 anos!
A corrida foi ótima e a temperatura estava muito agradável...não fiz um bom tempo (1h09), mas me diverti e terminei a corrida feliz da vida!
Depois q comecei a correr descobri que sou capaz de fazer coisas q jamais imaginei...

Queria ainda, aproveitar a minha passagem por aqui, para deixar registrada a minha admiração por algumas pessoas que tenho a oportunidade de ver em cada corrida....Quero chegar a idade deles, com todo este pique e este fôlego! Estes sim, são verdadeiros exemplos de força de vontade, superação de limites e coragem! Parabéns à todos os senhores e senhoras que participam das muitas corridas de rua!!!

domingo, 25 de janeiro de 2009

O "som" das corridas!

Galera...boa noite!
Li uma matéria na revista Centauro Sports Magazine q achei bem bacana para compartilhar com vcs...ai vai um pedaço da matéria!

"Combina e faz bem"
Pesquisas comprovam que música melhora a atividade física em até 30%

No passado quem quisesse fazer exercícios físicos ouvindo música não tinha a menor oportunidade, a manos que estivesse ao lado de um gramofone, uma vitrola ou de uma tribo indígena.
Hoje, difícil é encontrar quem não se exercite ao som de aparelhos portáteis que podem tocar canções por 24 horas sem parar. Isto garante à música o papel de motivar, incentivar e auxiliar praticantes nas atividades físicas.
A eficácia é tamanha que, em alguns casos, o efeito é quase o de uma hipnose, o de uma substância que age no cérebro para que o corpo não desista e sinta prazer em se exercitar.
Vivemos, sim, a era do doping auditivo.
"A música dá ritmo ao movimento e leva amplitude e leveza ao corpo. As vibrações nusicais provocam vibrações corporais, tonificam, exaltam e aliviam" escreve o autor B. Pavlovic. Levado pela corrente musical, o praticante de exercícios larga de lado a timidez e as frustrações diárias para deixar-se invadir por benéficas sensações corporais. "A música faz com que se esqueça um pouco o corpo e as suas fraquezas", conclui Pavlovic.


Pessoal...é isso mesmo! A música impõe o nosso ritmo...quando queremos relaxar normalmente escutamos músicas mais calmas e lentas...para a corrida, músicas mais agitadas e de batidas contínuas nos ajudam a manter um bom ritmo...concordo com esta matéria e tenho certeza de que pelo menos no meu caso, a música faz toda a diferença durante a prática de atividade física!
E olha que eu nem era tão fã de ficar escutando música assim...rs...com certeza a corrida faz "milagres" na nossa vida...
Até +

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Q dor!

Ai meu DEUS!!!
Ainda estou com dor...como meu irmão diz...são as minhas "fibras musculares" q foram exigidas demais...
Espero q elas parem de reclamar, pois domingo tem mais....

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Aiiiiii...

Voltei a treinar...2 dias após a corrida e eu ainda estava com dores musculares...
Talvez o alongamento não tenha sido muito eficiente. Dá próxima vez vou alongar melhor...
Tenho q trabalhar meus musculos esta semana, pois no domingo tem mais 10K....

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

1ª corrida do ano!!!

Uhuuu!!!

Este foi o primeiro desafio q enfrentei este ano....desafio, pq hj ainda (terça-feira) estou com dores musculares, por ter tentado reduzir meu tempo à custa de um esforço extra....
Confesso q qdo corro acompanhada de amigos, do meu irmão ou namorado, fico mais animada...mas até q para quem correu sozinha (pelo menos o IPod não me abandonou!), eu não fui mal...rs...

Ai vai a foto para deixar registrado este momento....

"Corrida Aniversário de Sto Amaro/ SESC"
1h 06min 29seg...


Q venha a próxima!!!!

2009 chegou!

Minha meta para esta ano é correr pelo menos 12 corridas de 10K (em média 1 por mês). Ainda quero correr a São SIlvestre no final do ano...q é um gde sonho e uma maneira divertida de comemorar o meu aniversário...rs...
Durante o ano vou ver se encontro algumas corridas de 12K para ir treinando.....

Duas já corridas já estão previstas:

18/01 - Corrida Aniversário de Sto Amaro/ SESC
25/01 - Corrida Aniversário de São Paulo

Agora só faltam 10...rs...

Correr, um vício!

Com este blog, agora poderei compartilhar com cada vez mais pessoas sobre o meu grande interesse por corridas e como esse meu desejo de correr surgiu!!!

Sempre fui mto sedentária e não gostava nem de caminhar!!! Mas todos na vida precisam de um incentivo....meu namorado (um corredor!) sempre correu, e eu acordava cedo para levá-lo as corridas e esperava ele terminar, debaixo de chuva ou sol...
Após fazer isso por algum tempo, pensei q esta poderia ser uma atividade prazeroza....eu prestava atenção nas muitas pessoas q tinham acordado cedo, e mesmo assim estavam animadas para correr, mesmo debaixo de chuva!
Depois de um tempo decidi tentar e comecei com uma corrida/caminhada (no meu caso somente caminhada...rs...) de 3K em 2006! Nunca fiquei tão cansada...mas depois não parei mais!!!
Hj, gosto muito de praticar atividades físicas, correr, caminhar, fazer musculação, andar de bicicleta...rs...realmente isso é viciante...
Mas, como todas as pessoas normais...tenho meus dias de preguiça e de vontade de "fazer nada"!

Ai vai uma foto do meu grande incentivador!!!

Em breve postarei novamente...quero compartilhar com vcs minhas corridas, minhas metas, minhas conquistas pessoais e meus fracassos (afinal, eles tb acontecem às vezes!)...
Até +